Skip to main content
Tirei o CRECI, e agora?

Tirei o CRECI, e agora?

Finalmente você passou por todas as etapas, fez seu estágio obrigatório e já está com sua carteira do CRECI nas mãos. Sonho realizado? Bem, quase. Na verdade, agora é que o trabalho vai realmente começar. Há duas dificuldades básicas para o corretor de imóveis iniciantes: montar sua cartela de imóveis e, um pouco mais difícil, montar sua cartela de clientes. Afinal, você é novo na praça e a sensação que se tem é que o mercado já está todo fatiado – mas não é bem assim.

Basicamente, depois de tirar o CRECI, há dois caminhos a seguir: ser um corretor de imóveis autônomo ou vincular-se a alguma imobiliária. O segundo é o mais indicado se você ainda não tiver muito conhecimento, já que as empresas distribuem sua própria cartela entre seus funcionários, o que é uma boa para quem está começando.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

No texto de hoje vamos dar várias dicas que podem ajudá-lo a começar a carreira com o pé direito. Confira!

Imobiliárias ou construtoras?

As construtoras também são uma opção para quem está começando, mas, apesar da possibilidade de ganhos maiores – uma vez que não há o suporte de uma grande equipe, na verdade o trabalho é mais solitário: elas costumam planejar plantões com um ou dois corretores, no máximo, o que acaba trazendo algumas desvantagens para o iniciante. Além da solidão em si, já que na maioria das vezes ficar sozinho no empreendimento esperando os clientes, o trabalho com equipe reduzidas também acaba não tendo muitas oportunidades de aprendizado com os colegas.

É o contrário do que acontece nas imobiliárias, onde normalmente os outros corretores ajudam os iniciantes dando dicas e sugestões. Como a equipe costuma ser grande, a empresa é uma boa oportunidade também para conhecer outros pontos de vista, compartilhar ideias e tirar dúvidas quanto à análise dos negócios ou algum aspecto técnico. É também uma boa oportunidade para fazer sua cartela de clientes. No entanto, os ganhos costumam ser menores, mesmo quando há um salário fixo de base: as comissões são divididas entre todos os corretores que participaram do fechamento da transação, o que geralmente as deixa bem abaixo do percentual médio de 6%.

Autônomo: o desafio de captação de clientes

Para a maioria dos corretores, no entanto, a grande vantagem da profissão é não precisar estar vinculado a ninguém, e muitos iniciantes optam pela autonomia mesmo estando apenas dando os primeiros passos na carreira. E aí o maior desafio é sempre a captação de novos clientes. O ideal é começar valendo-se de seus contatos antigos, amigos e parentes – e fazendo a sua divulgação pessoal.

Reuniões, encontros de família, reuniões de escola e até jogos de futebol, academia e happy hours, tudo vale para divulgar sua atividade – sem ser chato, é claro. Deixe seu cartão de visitas sempre à mão, dê alguns telefonemas, invista na produção de um site com conteúdo relacionado, que atraia clientes através da informação bem colocada, relevante e atualizada. Dessa forma você vai construindo a sua networking e, aos poucos, estará fazendo uma sólida rede de contatos.

Aposte na fidelização desde o início criando diferenciais

Procure criar diferenciais desde o seu primeiro cliente: fechou o negócio? Não esqueça do pós-venda! É ele quem o ajudará a ser lembrado, procurado você em uma outra oportunidade e também indicado seu trabalho para conhecidos.

Por isso é importante criar vínculos com seus ex-clientes: produza newsletters sobre assuntos interessantes para quem acaba de compra um imóvel (decoração, jardinagem, tendências, tutoriais faça-você-mesmo, etc), calendário com as principais datas, como pagamento de IPTU e demais taxas, fazendo pequenas enquetes sobre assuntos da atualidade e usando-as para guiar seus passos. Dessa forma, ficará mais fácil ele lembrar-se de você se quiser comprar um segundo imóvel ou indicá-lo caso alguém que conheça precise de um corretor.

Outra forma de captar clientes é através das redes sociais, divulgando os imóveis que você tem à venda, seus serviços de administração, mantendo uma rede de contatos com outros profissionais, e, quem sabe, criando parcerias. Explore todas as possibilidades de divulgação online fazendo um e-mail com endereço próprio, e use, também, portais mobiliários já existentes no mercado.

Assim você vai dando um passo após o outro no mercado imobiliário e construindo uma carreira sólida à base de muito estudo, profissionalismo e dedicação.

Gostou das dicas para quem está começando? Se ficou alguma dúvida compartilhe com a gente aqui nos comentários que faremos o possível para responde-la!

banner ebook1

Deixe o seu comentário!

Comentários

Karine Dandolini

Analista de Marketing - Desenvolvedora das atividades do ramo. Executa processos e rotinas, visando o atendimento das necessidades da empresa, apostando também no marketing de relacionamento para com seus clientes.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE