Skip to main content
A importância do networking no ramo imobiliário

A importância do networking no ramo imobiliário

Networking. Esta palavra volta e meia aparece quando o assunto é o ramo imobiliário, mas será que você tem a exata ideia da importância, e o que ela significa? Alguns corretores podem chamá-la de cartela de clientes, outros de pessoas conhecidas durante a profissão, mas na verdade seu significado é muito mais amplo.

Ele abrange todos os tipos de relacionamentos que você tem ou teve até agora e também os que você virá a ter. São pessoas de suas mais distintas rodas de conhecimento, seja colegas de trabalho, clientes, meros conhecidos do clube, amigos de infância, vizinhos, o cara do mercadinho da esquina, o barbeiro que corta o seu cabelo, familiares e amigos de familiares.

E você sabe por quê? Porque todos eles, em algum momento, podem transformar-se em seus clientes ou parceiros, em divulgadores boca a boca, ou em alguém que pode ajudá-lo e pode ser ajudado por você.

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

Então todo mundo faz parte do networking?

Claro, porque em algum momento da vida, ou melhor, em vários momentos dela, todo mundo precisa de um imóvel, seja para vender, comprar ou alugar. Por isso, um grande erro dos corretores é achar que o networking é formado apenas pelos contatos profissionais, quando na verdade é formado por todo mundo que você conhece ou já conheceu.

A ideia, no entanto, para transformá-la em uma ferramenta a seu favor, é manter esse relacionamento vivo de alguma forma, seja através de um SMS de parabéns no aniversário, de e-mails marketing sobre lançamentos e oportunidades, de encontros para a happy hour, conferências imobiliárias ou churrascos em família. A ideia é justamente uma troca de experiência, um relacionamento que se torne intuitivo, sem, no entanto, ter que ser íntimo.

Via de mão dupla

Com alguns você manterá vínculos profissionais (colegas de trabalho, de faculdade) com outros de amizade e até mesmo apenas de conhecidos. O importante, no entanto, é estabelecer relacionamentos sinceros, e não de interesse apenas quando você precisa.

Sim, porque os outros corretores podem ajudá-lo, e muito, em qualquer etapa da sua carreira, formando parcerias, o indicando para um empreendimento que não quer, não pode pegar ou para um cliente, agilizando algum processo, fazendo uma ponte com alguém e até apresentando-o a pessoas estrategicamente interessantes.

Mas é preciso que você esteja disposto a ajudar também, antes mesmo de ser ajudado ou de alguém pedir. Lembre-se que a confiança deve ser a base do networking, uma via de mão dupla onde não pode haver engarrafamentos.

Como ampliar seu networking

Se você é um corretor de imóveis novo no mercado e quer ampliar seu networking, há várias oportunidades para fazê-lo. Uma delas é frequentando reuniões, promovendo encontros da categoria, filiando-se a um sindicato ou entidade de classe. Eventos culturais, esportivos e sociais também funcionam bem, mas lembre-se que o relacionamento deve nascer de forma natural.

As redes sociais, como Facebook, Twitter e Instagram, também são ótimas para fazer novas amizades, divulgando seu perfil e seu trabalho, e até para “desenrolar” algum problema para quem pede ajuda. Quem sabe aquela pessoa, lá na frente, não pode ajudá-lo também?

Basicamente desenvolver seu networking é conhecer e tornar-se conhecido, ser prestativo, amigo e um profissional sério e ético. A ajuda deve ser mútua e fluir naturalmente.

Saiba manter sua networking organizada

Todos os seus contatos devem ficar bem organizados, até para você poder manter uma troca constante, sem ser chata, de ideias e informações. A dica, nesse caso, é montar uma agenda, que pode ser a do smartphone, com os nomes perfeitamente identificados e classificados. Crie grupos, como “Faculdade”, “Vizinhos”, “Infância”, ”Família, “Clientes”, “Corretores”, etc.

A maioria das agendas tem espaço para algumas anotações, que você deve fazer para identificar as pessoas erro – principalmente se for alguém recém-conhecido ou que não vê há muito tempo. Nesse caso, coloque o nome do evento em que o conheceu, a empresa e o cargo que ocupa, ou por quem foi apresentado, por exemplo.

Coloque também outras informações que tiver, como data de aniversário ou o tipo de imóvel que estava procurando e quando, no caso de ser um cliente. Assim fica bem mais fácil não cometer gafes e criar oportunidades para estreitar laços.

Um bom networking, bem nutrido e organizado, pode render excelentes frutos por muito tempo: uma grande parceria, o fechamento de uma ótima venda ou até uma grande e sincera amizade.

Quer saber mais sobre networking? Deixe aqui a sua dúvida e nós responderemos no próximo post!

banner ebook 2

Deixe o seu comentário!

Comentários

Patrícia Alves

Customer Success - Trabalha para que o cliente utilize o produto ou serviço da maneira correta para alcançar seus objetivos, focando no, como o nome já diz, sucesso do seu cliente.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE