Skip to main content
Como criar relacionamento nas redes sociais

Como criar relacionamento nas redes sociais

O mercado imobiliário está cheio de corretores de imóveis ávidos para abocanhar a sua clientela e você, é claro, quer estar bem à frente de todos eles. Você já sabe que a internet é onde o seu público-alvo está e muito provavelmente já se deu conta de que é preciso mais do que apenas colocar anúncios pagos para atrair quem realmente interessa: é preciso investir na criação de conteúdo, pois além de atrair, você consegue criar relacionamento. Mas o que exatamente é isso e como ele funciona?

O que deve ser produzido para chamar a atenção de quem nem olhando os seus anúncios está? Será que isso é possível? Bem, não só é possível como muito mais fácil do que você imagina, basta seguir algumas orientações. Mas antes, você deve entender o que é o como utilizar o conteúdo para compreender melhor o tipo de produção que deve ser feita voltada para o mercado imobiliário.

Conteúdo, uma das pontas mais inteligentes da sua estratégia

O que o conteúdo faz, basicamente, é criar um relacionamento de empatia, respeito e confiabilidade entre você e seu público-alvo por meio das redes sociais – Facebook, Instagram, LinkedIn e até Twitter. Para isso, você tem que deixar de lado aquela “linguagem de vendedor de antigamente”, deixar de lado o narcisismo de falar apenas de você e pensar: o que interessa ao meu público? Quais os assuntos relacionados ao mercado imobiliário que podem contribuir para que ele tenha uma melhor experiência de compra, ou o ilumine em relação a algum aspecto de seu próprio imóvel, ou o faça querer ter um imóvel na praia para passar as férias ou usar como investimento?

Tecimob - Site para corretor de imóveis e imobiliária

A partir daí, você vai utilizar seus conhecimentos de corretor de imóveis para escrever conteúdo relacionado que envolva e atraia seus futuros clientes. Os assuntos são bastante variados: decoração, legislação, perspectivas do mercado, jardinagem e paisagismo, sustentabilidade, valorização dos imóveis, perspectivas financeiras, viagens e pontos turísticos, arquitetura etc. Mas calma, você não precisa ser um expert em tudo isso para fazer esses conteúdos, embora eles precisem ser originais, relevantes e atualizados, porque assim eles não apenas aparecem mais para os algoritmos dos motores de busca como criam uma relação de confiança com o futuro cliente: você mostra que entende desses assuntos, quer ajudá-lo e é muito bom no que faz.

Como devem ser os conteúdos para o mercado imobiliário?

Pense bem, para que servem as redes sociais? Para criar relacionamentos, certo? Encontrar velhos amigos, fazer novas amizades, trocar ideias, informações, fazer descobertas. O uso profissional das redes deve seguir exatamente esta mesma linha, só que neste caso é você quem fornecerá essas informações e descobertas. Primeiro, defina quem é o seu público-alvo: a faixa etária, classe social, localização, interesses etc. Informe-se sobre os assuntos mais relevantes que possam estar relacionados tanto ao público quanto àquele momento: férias, mudanças nos financiamentos dos imóveis, alta do dólar, novidades sustentáveis, decoração ou segurança, por exemplo.

Como estamos falando de redes sociais, o conteúdo deve ser curto e rápido para ter agilidade, ainda que de relevância e original – ou seja, não vale copiar de alguém e colar na sua timeline simplesmente. Podem ser dicas, enquetes e perguntas que gerem participação. Entre 20% e 25% desse conteúdo pode ser específico sobre sua imobiliária ou algum imóvel, mas o pulo do gato é você gerar relacionamentos. Vale também compartilhar posts interessantes de outras páginas afins, gerando mais tráfego. Incentive o compartilhamento e sempre, sempre responda qualquer comentário de forma educada, bem-humorada, inteligente e atenciosa, mesmo que ele seja uma crítica negativa ou um comentário discordando da sua opinião. Ao final dos posts você pode colocar um link para o seu site imobiliário – através de algum gancho do próprio texto ou de uma chamada para ação o chamado CTA – Call to Action.

Dicas fáceis e legais de serem seguidas

  • Faça textos curtos, com pegadas inteligentes e com assuntos que estejam em alta. Assim você ganha o interesse do público com mais facilidade.
  • Cuidado com os erros de português, eles acabam com a credibilidade de qualquer profissional. É verdade que nem sempre o português da escola é suficiente para não haver erros, então na dúvida peça a ajuda de alguém ou contrate um profissional especializado.
  • Use imagens sempre que puder para ilustrar seus posts – elas atraem o olhar e complementam a informação, deixando seu post mais completo. Mas não esqueça: elas devem ser pertinentes ao assunto e ser de ótima qualidade.
  • Crie, não copie. Buscar inspiração é uma coisa, usar o Crtl C é outra.
  • Comece com uma pergunta, mesmo que seja retórica. Incentive o compartilhamento e interaja com seus seguidores o máximo possível.
  • Cuidado para não fazer posts demais e acabar se tornando “arroz de toda festa”. Da mesma forma que caixa de entrada entulhada de e-mails é desagradável, timeline monopolizada também é.
  • Não use palavras difíceis. Palavras comuns são mais facilmente entendidas por um número maior de pessoas.
  • Crie uma agenda de posts, organizando os assuntos pelos dias da semana. A média de um post por dia para cada rede social é bem eficiente.

E então, pronto para começar esse relacionamento em suas redes sociais voltada para o mercado imobiliário? Siga essas dicas e depois conte para a gente os resultados!

Deixe o seu comentário!

Comentários

Vinicius Bagio

Analista de Marketing - Desenvolvedor das atividades do ramo. Executa processos e rotinas, visando o atendimento das necessidades da empresa, apostando também no marketing de relacionamento para com seus clientes.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
wpDiscuz
Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE